FAZER A BANGÚ OU COM MUITO PREPARO?

Estou trabalhando no meu projeto de quadrinho cyberpunk ainda anônimo, e para ter um ritmo de produção que não interfira nos meus estudos e outros trabalhos quero algo que seja dinâmico de fazer. Durante a composição deste estilo de trabalho me deparei com uma dúvida: Faço tudo sem muito planejamento e vendo no que dá, ou estruturo primeiro direitinho do começo ao fim antes de por a mão na massa?

NO IMPULSO

Um método que prioriza a produção antes do planejamento é bom no sentido de que você estará vendo a coisa tomar forma, e com o material ganhando vida vai conseguir manter um ritmo bom e se empolgar para prosseguir. O problema de um método assim é acabar se perdendo nas ideias, travando em algum problema de roteiro que não havia sido previsto, não poder acrescentar elementos que conduziriam para um final melhor por não ter pensado nestas ideias desde o começo, não fechar pontas soltas que se tornaram irrelevantes no decorrer da trama. Um método feito de forma livre e sem planejamento algum pode perder a linha em algum momento, é como andar num labirinto as cegas.

COM PREPARO

Com planejamento você estrutura a base de toda a trama, personagens que irá usar, ritmo dos acontecimentos, pode acrescentar pistas de uma reviravolta desde o começo, tem um controle melhor de tudo. Fazer as coisas com preparo é bom, mas existe o risco de ficar preso no preparo e acabar não dando o primeiro passo. Por querer deixar tudo perfeito, o artista pode ficar mexendo e remexendo no seu plano antes de começar, o que muitas vezes se torna uma prisão devido a margens de ideias novas que surgem e das influencias que não param de gritar. Sem falar que por não ter começado ainda, ficará sem ver a obra ganhando vida, o que pode acabar causando desanimo e a tentação de começar outro projeto. É como ficar reunindo equipamentos e mapas para entrar no labirinto, mas não entrar por não ter certeza se está preparado ou não.

EQUILÍBRIO

Deve haver um equilíbrio entre os métodos: Criar um planejamento simples, uma estrutura base de começo, meio e fim e já ir produzindo com isto, segundo um ritmo dentro do que foi planejado. Um planejamento base também servirá para restringir as ideias e manter o foco, pois algo aberto demais e com muitas escolhas acaba dando margem a desvios e voltas que atrasam a produção.

Tentarei seguir esta linha de ideias e espero ter algum resultado pra mostrar aqui do projeto já semana que vem. Qual o seu método? Já teve algum problema assim na hora de montar uma rotina de trabalho? Deixe sua experiencia nos comentários, até mais!

Anúncios

2 Respostas para “FAZER A BANGÚ OU COM MUITO PREPARO?

  1. Fala Roger,
    legal tu expor essa duvida pois eu ja me peguei nessa entrada de labirinto muitas vezes =) Então acredito que seja normal ansiar pelo inicio de algo e ter o receio de não ir adiante. Quando comecei a trabalhar com design eu tinha muitas duvidas, mas aprendi que a metodologia não-linear é nossa amiga e impulsiona a criatividade.

    Por exemplo
    (Vou tentar ser breve, portanto se precisar de uma ajuda pode entrar em contato.)

    Quando crio uma marca, inicio a metodologia pela pesquisa, onde faço uma imersão no universo e escopo do projeto, recolho todo material possível, objetivo e subjetivo. Enquanto isso vai surgindo ideias, escrevo e coleciono todas, adiciono como anotações.

    isso tudo chamo de preparação, pois tu organiza e categoriza tudo (organiza informações, taxonomia) e aprende enquanto produz.

    A incubação é essencial, minha incubação é fugir do projeto, me concentro em outras atividades e deixo as ideias na fervura.

    A esquentação, é soltar as ideias mesmo! imagino que no seu caso seja o rascunho ou rafe,Desenhar tudo o que pode, até a ultima gota… quando cansar, volto pra pesquisa… releio o briefing (no meu caso), o contexto, as noticias, incubação novamente…. e ai tem sempre o tempero especial que se chama pressão ( prazo estipulado), ajuda a focar os esforços.

    Iluminação é quando surge o “AHÁAAA” (a ideia foda) O desenho, a ideia bem concebida e tu tem ideia de como vai ser… Parte para Elaboração, desenha tudo testa, brinca, curta, e encerre.

    Verificação, lapide o diamante, toques finais. e
    VOILÀ!

    O LEGAL DISSO TUDO
    é que tu pode misturar a ordem como quiser(e repetir qts vzs necessario), como preferir produzindo On the Go… no teu ritmo.

    Espero ter ajudado e não confundido, mas essa é a minha experiência.
    E td vez q uso o método, faço de um modo diferente =)

    Força ai no projeto!
    Boa sorte e siga adiante, sem temer o labirinto.

    Abraço.

    • Obrigado pela colaboração Gustavo, acrescentou muito com certeza :). Neste projeto estou trabalhando desde o roteiro até a edição final das páginas para publicação on-line, irei experimentar usar suas dicas para refinar a minha rotina de criação e produção. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s