QUAL A TENDÊNCIA DOS FILMES DE HERÓIS?

Não sei se o mundo vai acabar no fim deste ano, mas se assim ocorrer acredito que os nerds ficarão felizes pois tivemos no cinema algumas das películas de super-heróis mais esperadas dos últimos anos. Partindo de um grupo de heróis vingativos até o recente fechamento da saga do morcegão, hoje vamos falar um pouco sobre como os heróis estão representados nas telonas e vamos cagar regra sobre o que virá pela frente.

VINGADORIZAÇÃO

Os filmes de super-heróis normalmente eram direcionados as crianças, o que os tornavam muitas vezes bobos e distantes da imagem representada nas suas origens. Acredito que um dos primeiros filmes de super-heróis voltado para um público mais adulto foi O Corvo no começo da década de 90. Nos anos 2000 a Marvel resolveu investir nas adaptações cinematográficas, partindo de personagens pouco conhecidos como Blade, passando pelos mutantes dos X-Men, mas foi com Homem de Ferro que conseguiram encontrar a sua fórmula de sucesso – A harmonia entre ação e humor com muita fidelidade aos quadrinhos. Teve então a inciativa Vingadores, e cada filme solo de herói da Marvel servia de preparação para o ambicioso projeto de filmar uma das maiores equipes de personagens dos quadrinhos. Os filmes da Marvel Studios são muito bons, porém acabavam perdendo em parte por terem que dividir espaço com o elo que estava sendo criado para o filme dos Vingadores.

DARK KNIGHTIZAÇÃO

Ao contrário da Marvel, a DC não estava tendo tanta sorte nas películas com seus personagens, porém quando chamaram o diretor underground Christopher Nolan para o reboot de Batman as coisas mudaram. Tentando trazer um tom mais pé no chão para o personagem, Batman Begins foi ousado em pegar um dos personagens mais famosos da editora e coloca-lo em uma trama para um público mais adulto. O problema da proposta mais realista é que as pessoas acabam por torcer o nariz nos momentos em que a licença poética é aplicada, já falei sobre isso AQUI. Uma das provas de que a trilogia de Nolan foi uma obra-prima é que mesmo as pequenas notas foras do tom os filmes conseguiram cativar praticamente todo o público e crítica, e mostraram que filmes de super-heróis podem ter um teor mais adulto e profundo.

O QUE VIRÁ?

A Marvel tem suas franquias de personagens divida com outras produtoras como a FOX que detêm títulos como X-Men e Quarteto Fantástico e a Sony que possui a franquia do Homem-Aranha (Aliás, a Fox esta para perder os direitos do personagem Demolidor e precisa fazer um filme do personagem o quanto antes, caso não façam e queiram mante-lo precisarão ceder dois personagens para a Marvel Studios – Galactus e Surfista Prateado). Com o filme do Lanterna Verde a DC tentou seguir um perfil mais próximo aos filmes da Marvel, mas o resultado foi um fracasso, e pelo que se vê do novo filme do Superman que será lançado em 2013, eles pretendem seguir uma linha mais adulta no estilo Dark Knight. Acredito que não seria uma boa estratégia da DC tentar concorrer fazendo filmes na linha da Marvel, e que eles deveriam mesmo investir nesta pegada mais realista dos filmes de super-heróis, assim oferecendo um produto diferente da sua concorrente e pegando um outro tipo de público.

Pelo que podemos ver a tendência é que Hollywood comece a acertar mais nas adaptações de quadrinhos. Filmes que não são pensados apenas para fazer dinheiro mas que também respeitem o fã e a essência do personagem. Adaptações são sempre complicadas, e normalmente o público nerd é bem exigente quanto aos detalhes, mas se as produtoras continuarem no caminho que estão indo nós agradecemos.

REFERÊNCIAS QUE ENCONTRAMOS POR AI

Encontramos de tudo na internet, e muitos artistas a usam para poderem divulgar seus trabalhos. Vou dividir com vocês links de artistas muito bacanas, que podem servir até de inspiração ou referência.

Eu estava vagando pelo Deviantart e encontrei estes desenhos que o artista theDURRRRIAN fez baseado nos Vingadores, mas puxando para um lado de fantasia medieval. Já não é a primeira vez que vejo os Vingadores representados desta forma, mas confesso que a visão dele foi uma das que mais me chamou a atenção.

Ele possui um trabalho muito bonito aparentemente feito todo no PC, composto de traços soltos e rápidos que compõem imagens muito bonitas. No momento estou sem uma mesa digitalizadora, mas assim que conseguir uma, pretendo fazer alguns estudos e experimentos tentando usar este estilo de traço.

Acredito que vale a pena conhecer novos artistas, estudar como eles solucionam a forma de representar a realidade e quem sabe absorver um pouco de sua técnica. Os artistas estão em constante evolução, e precisamos aprender uns com os outros.

Veja outros trabalhos do the DURRRRIAN em sua página do Deviantart AQUI.

MARVEL SKETCH CARDS ARTIST PROOF

ORIGINAL MARVEL COMICS ARTIST PROOFS FOR COMMISSIONS!!!! I have 10 cards and I’m opening the season commissions. These are some cards I made.

PRICES

Close up: U$ 25,00 (each character)
Half Body: U$ 40,00 (each character)
Background: U$ 10,00
Shipment: U$ 15,00 (U$ 20 outside North and South America)

If you were interested just contact us at: rodjer.goulart @ gmail.com

 

OBS: Pois é pessoal, estou aproveitando o lançamento do filme dos Vingadores hoje e colocando meus Artist Proofs sketch cards oficiais da Marvel à venda. Não sabe o que é um sketch card? Leia abaixo.

O QUE É UM SKETCH CARD?

Sketch Cards são pequenos cartões com ilustrações originais feitas por ilustradores variados, vendidos em pacotes fechados e colecionados por várias pessoas pelo mundo (principalmente nos EUA). Eu atualmente estou trabalhando na minha quarta coleção de Sketch Cards (atualmente sobre a era de bronze da Marvel). Os artistas costumam receber cards especiais onde podem realizar desenhos exclusivos encomendados por alguém – estes são os chamados Artist Proofs a qual tenho 10 no momento. A tabela de preço acima está em dólar pois a maioria dos pedidos é feita por estrangeiros.

Pra fechar o post e não ser só um mershan safado, deixo aqui o trailer fan-made de um filme dos Vingadores feito em 1978, com cenas e efeitos característicos da época. Aproveitem (e prestem a atenção no Homem de Ferro).

ABRIL–S04E04

Pois é, mais um mês de Abril começando com suas “abrilzisses” por toda parte. Fiquei doente nos primeiros dias de outono, o que foi bom para eu ficar mais esperto com estas mudanças climáticas malucas. Este é o mês da páscoa e de um certo filme que reúne o Homem de Ferro e sua turma.

TEMPO E CHOCOLATES

Pra variar, nestes primeiros meses o ano não está passando rápido, o que pra mim é sempre bom. Estou conseguindo fazer muitas coisas e aproveitar bem meus dias – mesmo que ainda precise organizar ainda mais meus horários (auto puxada de orelha). Quanto ao blog, as vezes paro pra pensar no que poderia fazer para deixar-lo mais relevante, que tipo de material seria de maior interesse geral de quem visita. Se você está lendo este post, por favor, deixe na área de comentários sugestões ou mesmo dicas de coisas que você gostaria de ver por aqui.

Não lembro se já comentei aqui que a páscoa é uma das minhas datas comemorativas favoritas. Toda tradição dos ovos, fertilidade e afins vem de Ostara, uma celebração pagã da primavera (a qual já comentei AQUI), mas como um chocólatra convicto eu acabo me esbaldando em chocolate. Já se tornou meio tradição pra mim fazer meus próprios ovos de páscoa (as vezes fica até mais barato).

Dia 26 estréia o aguardado filme Os Vingadores no cinema. Todos os últimos filmes de heróis Marvel foram um preparativo para este, e por isso a expectativa só cresce a cada cena e detalhe revelado. Confesso que este não é o filme de heróis que mais estou empolgado para ver este ano (alguém falou Batman ai?) mas acredito que será divertido ver Tony Stark e mais uns outros caras descendo porrada em inimigos, explodindo quarteirões e tudo isso acompanhados da Scarlett Johansson.

E O DRAGÃO?

Estou cheio de trabalhos, mas pretendo começar a desenhar as páginas do reboot da Dragão Escarlate ainda este mês. Já tenho uma quantidade considerável de roteiros que podem começar a ser esboçadas e desenhadas. Existem alguns detalhes quanto a vestimenta e aparência dos personagens que ainda estou pensando em acertar, mas nada que vá atrapalhar o desenvolvimento do projeto. Este mês vou gastar bastante com materiais de desenho e outras ferramentas que vão me possibilitar criar uma grade de preço para artes comissionadas e coisas do gênero (coisa que já passou da hora de ser feita).

Abril começou estranho, mas vou me esforçar para que seja excelentemente produtivo. Pretendo começar Maio empanturrado de chocolates, muito feliz ou muito indignado com o novo filme da Marvel e pronto para celebrar meus 26 anos da melhor forma possível. AVANTE VINGADORES!!!

LENDO: Crônicas de Gelo e Fogo: A Fúria dos Reis de George R. R. Martin (dei uma parada por causa dos cards, mas ainda estou lendo);

ASSISTINDO: Não ando assistindo nada de especial atualmente;

OUVINDO: Trilhas sonoras, principalmente a do primeiro filme de Mortal Kombat;

CRISES, MASSACRES E MEGA SAGAS NOS QUADRINHOS

Recentemente foi anunciado que haverá na Marvel uma mega saga que vai por frente a frente os X-Men contra Os Vingadores. Resolvi fazer este post sobre estas mega sagas que volta e meia são feitas no universo dos quadrinhos americanos.

INFINITAS CRISES

O mercado de quadrinho americano é um dos maiores do mundo, e tem no seu gênero de super-heróis ícones como Superman, Homem-Aranha, Batman e por ai vai. Muitas pessoas criticam dizendo “Caramba! Eles usam os mesmo personagens a anos! Porque não colocam um fim e começam algo novo?” ou mesmo “Os personagens de comics não envelhecem, são eternos, passam por tanta coisa que não tem como acompanhar a cronologia!”. De certo modo estão certos, mas (ao meu ver) a indústria de quadrinhos americanos não é tão estática assim.

A mais ou menos a cada década eles criam alguma super saga intergaláctica onde morre muita gente (que volta mais tarde) e redefine todo o universo dos personagens, os atualizando para os tempos atuais. As revistas em quadrinhos não são feitas para você comprar para todo sempre, e sim para ser um entretenimento, uma diversão, uma aventura que você participa junto com o personagem. As mega sagas são criadas para atualizar os personagens a um novo tipo de publico, para apresentar os personagens a uma nova geração de leitores (afinal, o leitor de antigamente que cresceu brincando na rua não é o mesmo que cresceu com internet e video games avançados). Sagas assim acabam se tornando muitas vezes arcos interessantes de aventuras que depois são vendidos encadernados, vale a pena para quem não tem paciência para acompanhar mensalmente e quer algo completo.

PERSONAGENS ETERNOS

Não vejo problema em usarem os mesmos personagens por tanto tempo, afinal eles estão ai porque funcionam e porque eles tem novas coisas a contar para as gerações que estão chegando. Muitos leitores pegaram gosto por este passatempo através dos quadrinhos, alguns até aprenderam a ler com eles. Os personagens hoje já são ícones da cultura pop, se tornaram eternos e símbolos na mente das pessoas, já não se pode abandona-los assim do nada. Hoje a indústria de quadrinhos fatura muito com suas franquias em brinquedos, animações, games, roupas e por ai vai.

Enfim, acho que como medida editorial, estas sagas escatológicas são interessantes, pois a renovação (quando feita para melhor) é sempre interessante. A maioria dos leitores mais aficionados acaba por ficar frustrado com elas pois muitas vezes acabam por distorcer e deixando pontas soltas na cronologia, mas eles tem que entender que os quadrinhos não são feitos só para eles, mas também para aquela pessoa que está pegando uma revista pela primeira vez e não quer ter que saber sobre trocentas sagas passadas pra entender a história. Que venham novas sagas divertidas e interessantes, depois eu compro o encadernado e saiu felizão sem frustração alguma! =D

 

OBS. (Já votou no LISTÃO 2011 aqui do blog? clique AQUI e de seu voto!)