VOTAÇÃO DO LISTÃO 2011

Todo ano eu monto aqui um listão com os principais acontecimentos que se destacaram nos últimos 12 meses, os separando em categorias malucas e divertidas. Este ano resolvi inovar um pouco e fazer o listão com a sua ajuda.

Abaixo segue as categorias e uma pequena descrição do porque de cada indicado para você votar. Não demora muito, votar em todas as categorias leva uma questão de minutos. Divulgue esta votação nas suas redes sociais, entre seus amigos e tudo mais, afinal isto aqui não passa de uma grande brincadeira (mas se ninguém votar vai ficar sem sentido algum…) =D

 

FILME DO ANO

PLANETA DOS MACACOS – A ORIGEM (RISE OF THE PLANET OF THE APES): Há muito tempo não se vê nada que preste da mitologia do Planeta dos Macacos, mas este prequél conseguiu honrar os antigos. Com muitas referencias ao primeiro filme e uma trama que procura explicar como os macacos tomaram o controle do planeta, o filme foi uma bela surpresa este ano.

GIGANTES DE AÇO (REAL STEEL): Uma mistura de Rocky – Um Lutador, Falcão – Campeão dos Campeões e Tranformers –  e ficou muito bom. O filme reúne vários elementos que me agradam, e confesso que fui cativado pela relação entre os personagens. Os efeitos dos robôs ficaram muito realistas e interessantes.

SUCKER PUNCH – MUNDO SURREAL (SUCKER PUNCH): Ok, não é a melhor obra cinematográfica de todos os tempos, não tem um roteiro fabuloso e nem é original, mas é MUUUUITO legal! Sucker Punch é um filme que consegue mesclar vários elementos chaves como garotas em roupas sensuais, combates frenéticos, cenários fantasiosos e inimigos variados, tudo sem muita pretensão, apenas no intuito de divertir e passar uma mensagem motivacional no fim. A trilha sonora então é algo muito bacana.

ADAPTAÇÃO DO ANO

X-MEN – PRIMEIRA CLASSE (X-MEN – FIRST CLASS): O filme se mantém no universo dos mutantes criado pela Fox, que teve em sua franquia dois filmes interessantes, um terceiro que cavou uma cova e o Wolverine: Origem para se afundar de vez. Neste filme eles focaram mais na história entre o Professor X e Magneto, mas ao fim parece um filme do James Bond com poderes mutantes.

CAPITÃO AMÉRICA – O PRIMEIRO VINGADOR (CAPITAIN AMERICA – FIRST AVENGER): Eu sempre ficava imaginando como eles fariam uma adaptação do uniforme do Capitão América para o cinema que não ficasse ridícula, e ao meu ver o resultado final até que convenceu. Seguindo a linha dos últimos filmes da Marvel Studios, este também tem a intenção de apresentar o personagem e já direciona-lo para o filme dos Vingadores. O filme conseguiu tirar elogios do meu irmão, QUE NÃO SUPORTA o Capitão América. Só por isso já tem um mérito.

A GUERRA DOS TRONOS (GAME OF THRONES): Adaptações de livros para o geralmente ficam ruins, pois não conseguem condensar nem metade da essência da trama em um pouco mais de duas horas. Então porque não adaptar em forma de seriado? Esta ideia brilhante resultou em um dos seriados mais comentados dos últimos tempos. Apesar de algumas modificações, a série da HBO conseguiu se manter extremamente fiel aos livros de George R. R. Martin, e ainda fez com que várias pessoas descobrissem a fantástica série de livros das Crônicas de Gelo e Fogo.

PRAGA DO ANO

CAIXAS DE SOM PORTÁTEIS DE FUNKEIROS: Não bastava os celulares, agora os funkeiros conseguiram caixas de som pequenas com neon e luzes malucas que propagam o “batidão” para os quatro cantos, acabando com a paz e sossego de quem está por perto. Sério, estas caixas fizeram de uma fábrica no inferno.

MÚSICA “AI SE EU TE PEGO” DO MICHEL TELÓ: De todas as músicas pragas este ano, este definitivamente foi a pior. Como pode uma música que fica repetindo palavras pausadamente fazer tanto sucesso?

MUAMMAR KADHAFI: No início do ano várias ditaduras caíram uma após a outra, mas lá na Líbia, Muammar Kadhafi não largou o osso e não todo mês estava nos noticiários com aquela cara de estátua da ilha de páscoa. Inevitavelmente ele acabou sendo morto nas mãos dos rebeldes, mas ganhou uma indicação aqui no blog.

MORTO DO ANO

OSAMA BIN LADEN: E não é que finalmente pegaram o tal do Osama? O nosso terrorista favorito já havia virado personagem folclórico e ninguém mais achava que os EUA conseguiriam encontra-lo, porém em um ataque soturno eles mataram o barbudo. Fez-se mistério com o corpo, que foi jogado as profundezas do mar sem ninguém ver nada. Segundo os EUA esta medida foi tomada para que um altar para ele não se tornasse um local de adoração e afins… Sei…

AMY WINEHOUSE: Apesar de ser uma cantora de talento inquestionável, Amy não cuidava muito de sua saúde, abusando de drogas, bebidas e uma vida bem sem noção. Quando ela estava tentando entrar no eixos, a vida veio e cobrou o preço. Morreu jovem, mas deixou sua marca na cultura pop.

STEVE JOBS: A tecnologia da informação só é o que temos hoje por causa deste homem. Um gênio que sempre conseguia encontrar um meio de transformar a tecnologia em algo simples e acessível para todas as pessoas. Ele vinha lutando contra um câncer a algum tempo e infelizmente foi vencido, deixando seu legado par todos nós.

WTF DO ANO

ROCK IN RIO: Finalmente o Rock in Rio voltou a ser no Rio! O evento trouxe muitas bandas gringas, teve coisas boas mas também não deixou de ter suas bizarrices. De todas as coisas malucas que aconteceram, quero dar destaque ao Axel Roses. O cara demorou uma eternidade para entrar no palco, chegou com cosplay de Inspetor Bugiganga e fez mostrou um desempenho fraco no palco mediante as expectativas do público.

REBOOT DA DC: A DC resolveu reformar toda sua linha editorial, alterando a grande maioria dos personagens da empresa após a saga Flash Point. Muitas coisas interessantes apareceram, porém algumas poderiam ter sido evitadas. Uma delas foi a modificação dos uniformes de alguns personagens, como os Novos Titãs. O Super Boy com roupa de Go Go Boy e um Robin com asas não da pra entender. Também teve a volta de Rob Liefeld nas páginas de Rapina e Columba. O cara posta um vídeo ARTEFINALIZANDO ENQUANTO DIREGE! Sem mais meritíssimo.

KUDURO: Preciso falar alguma coisa? Os caras conseguiram pegar uma dança da África e devido ao duplo sentido do nome transformaram em uma música maluca que não tem nada a ver com a base da mesma. Eu tive muitas dúvidas se colocava isto em WTF ou Praga do ano, mas acho que é tão absurda que mereceu ficar nesta categoria.

O resultado da votação acontecerá no dia 31/12, até lá fique a vontade para votar. Até mais!

STEVE JOBS

Como você já deve saber, no dia 04 de Outubro faleceu o grande Steve Jobs, gênio por trás da empresa Apple. É de conhecimento geral que ele era um homem importante e revolucionou a tecnologia da informática, a tornando no que conhecemos hoje. O que podemos aprender com a vida deste que foi um dos grandes gênios da atualidade?

A vida não foi fácil para Jobs, e ele penou muito para poder chegar até onde chegou. Seus pais biológicos o colocaram par adoção por não possuírem condições de darem a ele uma boa educação. Com 17 anos foi para faculdade, mas após seis meses saiu de lá pois não suportava ver seus pais de classe média se sacrificando para mantê-lo em um lugar que não estava o ajudando a descobrir o que queria na vida. No fim da década de 70 se uniu a Steve Wozniak para fundar a Apple (cujo o símbolo da maçã mordida remete ao fruto do conhecimento da história de Adão e Eva), e através de seus projetos iniciaram uma nova fase na era digital, inovando em interface e formas de operação (foram eles que criaram o mouse). Em 84, o Macintosh fez um grande estardalhaço por possuir recursos de tipografia, desenho e uma interface gráfica atrativa. Em 85 Jobs foi forçado a deixara Apple por decisão do conselho administrativo da empresa, e com isso criou a NeXT. Em 86 comprou a Pixar da LucasFilm, assunto que já tratei no blog AQUI. No ano de 97, a Apple comprou a NeXT, é assim Steve Jobs voltou como consultor a sua antiga casa. Com a criação do IMac, a empresa conseguiu se erguer de uma crise financeira que quase fechou suas portas. Aos poucos a Apple foi se ramificando e revolucionando a área das comunicações e eletrônicos com seus IPhone, IPod e IPad.

Em 2004 Steve Jobs foi diagnosticado com um câncer pancreático, e continuou a trabalhar até seu afastamento em Janeiro deste ano, quando nomeou Tim Cook para ficar no seu lugar como CEO (Chief Executive Officer) da empresa. Durante os sete anos que esteve na luta contra sua enfermidade, ele aproveitou e trabalhou com afinco.

“Quando eu tinha 17 anos, li uma citação que dizia mais ou menos assim: ‘Se viver cada dia como se fosse o último, um dia você acerta’; Eu nunca me esqueci”.

Outra marca de Jobs era a forma criativa que usava para apresentar as inovações de sua empresa, em apresentações aguardadas por milhares de pessoas. Na internet é possível encontrar muitos vídeos de apresentações, bastidores e palestras feitas por Jobs, onde ele fala de seu trabalho, sua vida e tudo mais de uma maneira dinâmica. Eu escolhi para mostrar aqui o vídeo de um discurso feito por ele em 2005 para uma turma de formando na universidade de Stanford na Califórnia.

Discurso inspirador de Steve Jobs em Stanford

O site G1 reunião algumas das mais celebres frases de Jobs:

“Eu acho que [a tecnologia] fez o mundo ficar mais próximo e continuará fazendo isso. Existem desvantagens para tudo e consequências inevitáveis para tudo. A peça mais corrosiva da tecnologia que eu já vi se chama televisão, mas novamente, a televisão, no seu melhor, é magnífica.” – Revista Rolling Stone, dezembro de 2003

“A principal razão para a maioria das pessoas comprarem um computador para suas casas será para se conectar a uma rede nacional de comunicações. Estamos apenas nos primeiros estágios do que será uma grande revolução para a maioria das pessoas – tão revolucionária quanto o telefone.” – Revista Playboy (edição americana), fevereiro de 1985

“A cura para a Apple não está no corte de preços. A cura para a Apple está em inovar o meio de sair deste problema” – Apple Confidential: The Real Story of Apple Computer, 1999

“Às vezes a vida te bate com um tijolo na cabeça. Não perca a fé. Estou convencido de que a única coisa que me fez continuar foi que eu amava o que eu fazia. Você precisa encontrar o que você ama. E isso vale para o seu trabalho e para seus amores. Seu trabalho irá tomar uma grande parte da sua vida e o único meio de ficar satisfeito é fazer o que você acredita ser um grande trabalho. E o único meio de se fazer um grande trabalho é amando o que você faz. Caso você ainda não tenha encontrado [o que gosta de fazer], continue procurando. Não pare. Do mesmo modo como todos os problemas do coração, você saberá quando encontrar. E, como em qualquer relacionamento longo, só fica melhor e melhor ao longo dos anos. Por isso, continue procurando até encontrar, não pare” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

“Lembrar que eu estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que eu encontrei para me ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Por que quase tudo – todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo de se envergonhar ou de errar – isto tudo cai diante da face da morte, restando apenas o que realmente é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira para eu saber evitar em pensar que tenho algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir o seu coração.” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

Tenha vontade, tenha juventude. Eu sempre desejei isso para mim. E agora, que vocês se formam para começar algo novo, eu desejo isso para vocês” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

Acredito que a grande revolução de Jobs foi fazer a tecnologia se tornar mais acessível para as pessoas comuns, simplificando e facilitando termos e recursos que antes eram exclusivos de nerds e geeks de plantão. Sempre pensando em uma forma de deixar tudo mais intuitivo, de fácil acesso e além disso com um design elegante e atraente para os olhos. Steve Jobs nos mostrou que é possível mudar o mundo com ideias inovadoras e criativas, e que sempre existe uma maneira mais fácil e melhor de se resolver problemas. Que descanse em paz.

Fontes: Wikipédia e reportagens diversas na mídia.

25 ANOS DA PIXAR

Faz algum tempo, as pessoas deixaram de ver animações infantis como simples obras para crianças, uma das grandes responsáveis por isso foi a Pixar, que conseguiu produzir animação de qualidade e divertida para todas as idades.

Em 1979 nascia a Graphics Group, até então apenas uma divisão da LucasFilms (empresa de George Lucas) responsável por desenvolver hardwares. Em 1986 o atual dono da Apple, Steve Jobs, comprou a Graphics e a transformou na Pixar. Com seu faro para negócios, Jobs chamou grandes animadores como John Lasseter, que elaborou um curta metragem chamado Luxo Jr. (cujo personagem principal é a luminaria que veio a se tornar mascote da empresa). Hoje John se tornou chefe de criação da Disney.

Com o tempo, desentendimentos surgiram entre Jobs e o diretor-executivo da Disney devido a datas de lançamentos e coisas do gênero. Um processo se arrastou por anos até que em janeiro de 2006 a Disney anunciou a compra da Pixar por 7,4 bilhões de dolares. A compra foi encerrada este ano e Steve Jobs se tornou o maior acionista individual da Disney.

O primeiro BOOM da Pixar veio em 1995 com TOY STORY, que levou 10 anos para ser feita mas se tornou um marco no cinema de animação. Dês de 2001 a Pixar possui uma obra concorrendo ao oscar por melhor animação, tendo vencido seis vezes com PROCURANDO NEMO, OS INCRÍVEIS, RATATOUILLE, WALL-E (este já comentado AQUI), UP – ALTAS AVENTURAS e TOY STORY 3. Os dois últimos chegaram a concorrer como melhor filme.

Atualmente a Pixar trabalha em CARROS 2, BRAVE (que terá uma protagonista feminina) e MONSTERS UNIVERSITY (prequência de MONSTROS S.A.). CARROS 2 tem estréia prevista para 24 de junho. Só acho que a Pixar está errando a mão em fazer sequencias de suas obras antigas e não tão interessantes como as últimas, principalmente CARROS, que é considerado um dos piores desenhos da empresa (afinal é só um filme bobo de carrinhos falantes). Eu acredito que a maior força da Pixar esta em seus curta-metragens genias, tanto que seus últimos filmes apresentam um link direto com algum curta.

Hoje a Pixar possui cerca de 1200 funcionários, uma sede na Califórnia e outra no Canadá. Que a Pixar continue brindado nossos olhos com suas obras criativas e cativantes por muitos e muitos anos. Segue abaixo um vídeo homenagem aos grandes sucesso da empresa.

Site da Pixar AQUI