RUBY SPARKS E OBRAS COM ALGO MAIS

Gosto de me identificar com os filmes que vejo (o que não é muito incomum), mas acho ainda mais interessante quando o protagonista é algum artista. Acabei de ver um filme chamado Ruby Sparks – A Namorada Perfeita, e decidi fazer uma reflexão sobre o mesmo aqui.

Na trama, um escritor prodígio chamado Calvin está em uma crise criativa, sofrendo pressão após o grande sucesso de seu primeiro livro. Certa noite ele  sonha com uma garota e decide escrever sobre a mesma, então magicamente sua personagem chamada Ruby Sparks aparece na sua casa exatamente como ele descreveu. O filme usa o clássico esquema de algo sobrenatural sem explicação para ensinar uma lição ao protagonista (assim como em Feitiço do Tempo, Um Homem de Família, Todo Poderoso e até Doce Novembro se encaixa nisso, pq a Charlize é sobrenatural…). Sem dar spoilers, posso dizer que o filme aborda aquela idealização que temos de uma pessoa perfeita em nossa vida, e como esta ideia é algo abstrato demais para ser real, muitas vezes sendo um reflexo de seu próprio ego.

Gosto que este conceito pode ser aplicado a praticamente qualquer coisa em nossas vidas. Criamos conceitos e formas em nossas mentes de como queremos as coisas, e algumas vezes não aceitamos a realidade como ela é. tudo que nos faz sentido, nossas crenças e pontos de vista são gerados através da forma como interpretamos o que nos é dito e na forma como enxergamos o mundo com nossos próprios olhos. Você deve estar pensando “mas onde diabos ele quer chegar com este papo chato?”  – Acredito que a arte pode usar de realidades alternativas para fazer com que agreguemos novos pontos de vista a nossa própria realidade, sendo muito mais que um entretenimento e se tornando algo relevante e marcante. Ruby Sparks é um filme engraçado e divertido, mas consegui tirar dele uma lição que me fez re-ver alguns conceitos, e é isto que quero fazer com minha arte, fazer com que as pessoas consigam enxergar nelas algo que possam levar para fora das páginas, permitindo que façam parte de seu próprio mundo.

Enfim, a arte é uma ferramenta muito interessante para expressar o que só passa em nossa mente, seja através de quadrinhos, pinturas, música, dança, textos, etc. Quais as obras que te agregaram algo e te fizeram ver o mundo com novos olhos? Escreva aqui nos comentários, e quando puder veja Ruby Sparks. Smiley piscando

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s