NOVELAS E SUAS NOVELICES…

A novela é uma paixão nacional, e diariamente milhares de pessoas sentam-se diante da televisão para acompanhar durante meses as histórias de personagens a qual elas se sentem íntimos. Mesmo com fórmulas manjadas, os roteiristas conseguem fazer as novelas se tornarem máquinas de gerar fortuna – Mas qual o segredo?

“OI! OI! OI!…”

Hoje irá ao ar o último capítulo de Avenida Brasil, a novela que mais fez barulho nos últimos anos, atingindo índices gigantescos de audiência (Acredita-se que este capítulo possa gerar um apagão no país, devido a sobrecarga de energia que pode ocorrer quando as pessoas forem retomar suas atividades após o término do folhetim – leia mais AQUI). Muitas pessoas exaltavam a trama de intrigas, mistérios e reviravoltas como o elemento chave desta novela, nunca antes explorado, porém esquecem que o mesmo autor dela fez “A Favorita”, onde também havia uma trama misteriosa com reviravolta na metade da novela e um mistério grande no final, onde vilões e mocinhos tinham várias faces e não eram tão maniqueístas. Acredito que o sucesso desta novela se deve, além da trama cheia de reviravoltas, do carisma que os personagens tinham.

A vilã “Carminha” de Avenida Brasil. Personagens carismáticos ajudam no sucesso.

Se você prestar a atenção em como é uma novela de determinado autor, verá que cada um possui uma única fórmula, apenas mudando nomes e locais e adaptando aos novos tempos. Existe a fórmula da Glória Perez (autora da próxima novela: Salve Jorge) de começar a novela no exterior, colocar personagens que falam português misturado com outra língua e fazê-los viajar o tempo inteiro entre um país e outro com a facilidade de quem pega um táxi, outra fórmula é a do Manoel Carlos com suas “Helenas”, histórias no Leblon e dramas familiares… Mas apesar das fórmulas, as novelas se modificam de acordo com as opiniões do público, fazendo com que personagens populares ganhem mais destaque, ou mesmo que um casal protagonista não acabe junto (o que tem acontecido com frequência, diga-se de passagem). Em suma, a trama básica de uma novela é simples, e poderia ser resolvida em três capítulos, mas para estender por uns 200 capítulos acabam muitas criando situações patéticas, onde os protagonistas caem em armadilhas bobas dos vilões ou muitas um caso é resolvido para em seguida surgir um novo similar.

FONTE DE DINHEIRO

Apesar de terem um custo mínimo de 2,5 milhões de reais, uma novela é uma fonte enorme de renda, pois muitas empresas estampam suas logomarcas nela (com grande retorno), fazem músicas dispararem na parada de sucessos e criam tendência de moda. Algumas novelas se estendem para além da tela, como a recente Cheias de Charme que gerou um livro contando o passado de uma das protagonistas, a novela Rebeldes com os shows da banda fictícia, ou mesmo a novela infantil Carrossel com seus brinquedos baseados nos personagens. Algumas até possuem funções sociais, fazendo a sociedade discutir temas sérios como violência contra a mulher, homofobia e prostituição, ou mesmo ajudando de forma direta como a recente Amor Eterno Amor que mostrava fotos de pessoas desaparecidas ao final de cada capítulo.

As novelas já fazem parte da cultura brasileira. Eu particularmente não gosto delas pois elas possuem um potencial enorme, mas ficam presas a amarras popularescas, que impede um maior aprofundamento ou fuga de histórias de casais que se conhecem e ficam se separando por armações de outros. Com um poder tão grande de parar o Brasil, acredito que as novelas deveriam cortar suas amarras popularescas e se focarem em formas de fazer as pessoas aprenderem e pensarem mais.

Anúncios

Uma resposta para “NOVELAS E SUAS NOVELICES…

  1. Também não gosto mais de novelas. Entre assistir ou não, pra mim, resulta na mesma. As que me fisgaram mesmo (quando eu era mais novo), pelas temáticas fantásticas que hoje caem mais no escracho escrotot à la ZORRA TOTAL, foram VAMP (1991) e OLHO NO OLHO (1993). Lembrou?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s