ESCOLHER FILME NO ESCURO

Estes dias fui ao cinema e senti algo que não sentia desde que fui assistir MATRIX em 1999. Fui ver um filme que me chamou a atenção sem saber direito do que se tratava (algo que é muito arriscado diga-se de passagem) mas acabei tendo uma agradável surpresa. Neste post pretendo me focar mais neste sentimento de surpresa do que no filme em si.

O EFEITO MATRIX

No fim do século 20, o filme MATRIX foi um divisor de águas na cultura POP, e parte disso se deu pela sua trama cheia de referências, camadas que iam desde um filme de ação até filosofia zen-budista, tudo numa mistura harmônica. Naquela época eu ainda não usava a internet como fonte de informação sobre algo que me interessava, e por isso caçava em revistas e reportagens na tv qualquer detalhe sobre esta película. As informações que eu colhia não conseguiam me responder a pergunta “O QUE É MATRIX”?”. Esta pergunta só foi respondida após eu assistir o filme várias vezes e esmiuçar cada detalhe em revistas especializadas e conversas especulativas com amigos. Tive uma sensação única, um brinde aos olhos ao ver uma obra que superou a minha expectativa – que não era pequena. fazia anos que eu não sentia algo assim, mas com O PREÇO DO AMANHÃ cheguei bem perto.

O PREÇO DO AMANHÃ

Lembro de apenas ter visto um cartaz deste filme no cinema onde mostrava Justin Timberlake, com uma arma em punho abraçado e encarando a atriz Amanda Seyfried, e em seu braço vários dígitos ordenados em verde neon como uma espécie de cronômetro. Haviam algumas frases que falavam sobre viver para sempre e sobre o tempo, mas não consegui decifrar o tema do filme. Mais tarde vi um comercial rápido na televisão, onde também não entendi nada mas consegui guardar apenas uma cena de duas pessoas correndo uma para cima da outra indo se abraçar. Procurei não ir atrás de informações sobre o filme, me desligando um pouco dele (tanto que até esqueci o nome do mesmo), deixando pra descobrir tudo na sala de cinema.

Nos primeiros segundos o filme já fala qual sua premissa, e situa o espectador no cenário da trama. A história não é original mas o cenário sci-fi em si é, me deixando e divagando sobre a vida, o universo e tudo mais. Acredito que esta tenha sido uma das minhas maiores surpresas cinematográficas este ano. O Justin Timberlake tem aparecido em muitos filmes de uns tempos pra cá, desde comédias românticas até alguns thrillers de ação. Eu confesso que tinha um certo preconceito com a atuação dele, mas até que ele está melhorando e convence como protagonista. O filme não é perfeito, nem chega aos pés de MATRIX, mas conseguiu me surpreender e fazer pensar.

Espero que tenha conseguido deixar você curioso a tentar esta experiência, de algum dia ir ao cinema e se arriscar a ver um filme a qual você não sabe muita coisa (mas que ao menos pelo cartaz tenha te chamado a atenção). Caso não tenha visto ainda O PREÇO DO AMANHÃ, se arrisque a começar por ele, pois mesmo não gostando terá uma experiência diferente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s