FANATISMO

Eu estava vendo na TV uma matéria mostrando algumas adolescentes histéricas na entrada do show de um certo pseudo-astro adolescente. Parei para pensar no que leva alguém a desgastar tanta energia em coisas assim, e decidi propor uma discussão aqui no post sobre fanatismo e como as pessoas ficam malucas e irracionais por ideologias, alguém ou algo.

FÃS E FANÁTICOS

Antes de mais nada devemos separar o fã do fanático. Um fã admira e aprecia algo de maneira saudável, entendendo e respeitando aqueles que discordam ou pensam de maneira diferente, afinal cada um tem um gosto e opinião diferente. Ao contrário do fanático, o fã sabe que aquilo que ele tanto gosta não é perfeito, e que as outras pessoas são livres para poderem achar aquilo que ele tanto gosta uma merda. Um fanático é intolerante e não sabe argumentar quando alguém apresenta uma opinião contrária a sua, e por isso acabam recorrendo a violência e agressão (coisa típica de pessoas idiotas e que não possuem argumentos).

Uma pessoa fanática é aquela que adora e cultua algo de maneira absurda, irracional e desmedida. Para ela o alvo do fanatismo esta acima do bem e do mal, e qualquer pessoa que estiver contra aquilo que ela adora é alvo de uma fúria desmedida e muitas vezes agressiva e violenta. O fanático é intolerante com aqueles que não enxergam o mundo pelo seu ponto de vista estreito e restrito. Existem muitos tipos de fanáticos, os religiosos, políticos, de times de futebol e até mesmo por gêneros e bandas musicais (adolescentes que gostam de bandas teens e metaleiros se destacam no ramo da intolerância musical). Cansei de entrar em blogs que comentam alguma coisa de maneira ruim e ver a pessoa que escreveu o post ser execrado por uma orda de comentários sem fundamento algum apenas o xingando, dizendo que ele tem inveja, que não sabe de nada e outros tantos “mimimis” sem sentido.

MEUS IDOLOS

Estes dias me perguntaram como eu reagiria quando encontrasse alguém a qual eu fosse muito fã, e de fato eu já passei por situações assim. Tive oportunidades de encontrar pessoas a qual admiro, seja pelo trabalho ou pela pessoa em si, e sempre acabo ficando com leve nervosismo. frio na barriga, começo a gaguejar, fico com aquele medo danado de falar alguma bobagem e pagar de “fanboy”. Normalmente a pessoa é solicita e muito simpática, o que acaba tirando aquele ar de “entidade divina” que o fã projeta em seu ídolo. É muito bacana quando você nota que aquela pessoa que você tanto admira é um ser humano normal, assim como você, eu e o seu Zé da padaria. Toda vez que vou tirar foto com um ídolo eu fico com cara de idiota por causa do nervosismo (é uma maldição).

Eu tenho fãs, pessoas que apreciam meus trabalhos e gostam das coisas que eu faço. Eu fico muito feliz e lisonjeado quando alguém gosta de algo que do meu trabalho, que aprecia algo a qual dediquei tempo e esforço. Eu aplico muitas ideias e empresto um pouco de mim em tudo que faço, e quando alguém vê valor nisso é simplesmente fantástico. Também existem as pessoas que não gostam dos meus trabalhos, afinal ninguém é obrigado a gostar, e se possuírem um bom argumento eu até posso concordar (quando não tem argumento algum eu simplesmente mando pro inferno), e também existem pessoas com um certo “fanatismo” pelo que faço… Como suspeito que esta pessoa possa estar lendo isto não irei me prolongar no assunto (mas se você que esta lendo me conhece pessoalmente sabe o quanto sofro com isto).

Enfim, acredito que as pessoas fanáticas possuem algum problema mental ou algo do gênero, e acabam usando a paixão cega pelo que admiram como forma de preencherem um vazio interior. Se você é um fanático intolerante e esta lendo isto aqui, para e tente enxergar a que ponto você chegou, ver o que você esta fazendo da sua vida. Abra seus olhos, entenda que nem todo mundo é fã do seu time, apreciador da sua banda ou temente a sua divindade – e nem por isto estas pessoas tem problemas e merecem ser agredidas, elas apenas possuem pontos de vista diferentes do seu. Já vimos muitos conflitos e guerras movidos pelo fanatismo, que tal por um fim nisto?

Anúncios

Uma resposta para “FANATISMO

  1. É, as pessoas tem que se conter com seu gosto, assim como as pessoas que não gostam também tem que se conter e não descambar na “trollagem”, daí sim o conflito é certo.

    Mas fanatismo é coisa séria. Eu que sou um fã de quadrinhos moderado apenas tipo construi uma estátua de bronze de dois metros de altura do BATMAN, mas ao invés de colocar numa praça que chame a atenção o deixei no meio da sala em casa, mesmo com o protesto de familiares, que não tiveram outra alternativa, já que o monumento pesa quase uma tonelada. Isto é ser um fã de maneira saudavél se não concordam com isso, vão pra #$%¨&!!! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s