VIAGENS NO TEMPO E SEUS PROBLEMAS

O tempo e a forma como ele passa é algo que fascina o homem. A vontade te obter o controle total sobre ele, podendo quebrar seu fluxo de passado, presente e futuro já apareceu várias e várias vezes nas obras de ficção, mas brincar com o tempo é algo extremamente complexo. Já foram criadas muitas teorias que tentassem solucionar os problemas da viajem temporal, mas como todas as coisas que não existem, existem soluções que usam de teorias científicas e aquelas que obedecem apenas a magia e a imaginação.

Aqui no ocidente costumamos a ver o tempo de forma linear, seguindo em frente numa constante –  O conceito de viagem no tempo é a quebra deste fluxo, onde se pode transitar para trás e para frente livremente. Existem algumas teorias científicas que normalmente são usadas como base para roteiristas e escritores que se aventuram em tramas temporais, eis aqui algumas:

  • A Quarta Dimensão: Neste conceito, o tempo seria uma dimensão como a largura, altura e profundidade. Imagine um carro onde quando você vai para frente estará se movendo em uma direção, se for pra direita ou esquerda se moverá em outra dimensão, e se for para cima e para baixo se moverá em outra. A quarta dimensão seria o tempo que você leva para fazer isso.
  • Buracos de Minhoca: Esta teoria consiste em usar canais que interliguem o espaço-tempo. Entrando na boca de um destes “buracos de minhoca”, você poderia alonga-lo e dobra-lo para sair instantaneamente  no outro lado, ignorando a barreira espaço-temporal.
  • Tempo como um rio corrente: Einstein propôs que o tempo flui em uma direção única como um rio, mas que em alguns lugares o rio seguiria mais rápido ou mais lento. Testes já foram feitos com relógio quânticos, que são extremamente precisos, e quando levados pra fora do planeta ficam adiantados, devido a passagem de tempo no espaço ser mais rápida.

A forma como a viagem no tempo é feita varia de acordo com a trama, a grande maioria dos escritores criam aparelhos e maquinários que transportam o usuário através do tempo-espaço, porém também existem alguns que preferem uma viagem através de portais, magias, poderes, ou mesmo viagens através da mente ou espírito. As viagens que transportam a pessoa de um aparelho para outro igual não permitem quer a pessoa volte a um passado anterior a criação do mesmo.

No tipo de viagem temporal onde a história pode ser alterada as coisas são bem mais difíceis de se explicar (e por isso muitas vezes as explicações são ignoradas). Normalmente os viajantes do tempo se tornam anomalias temporais, e são os únicos que tem consciência de que algo foi alterado. Em um universo em que facilmente se viaja no tempo, pode ocorrer de muitas pessoas realizarem viagens temporais e causarem infinitas alterações, até o ponto em que a a história se estabilize em um ponto onde a viagem temporal se torne impossível.

Em um universo onde a história pode ser mudada, muitas vezes a realidade tenta corrigir as alterações provocadas pelos paradoxos, usando outros acontecimentos para que as coisas voltem a correr da maneira que deveriam. Já na realidade em que a história é imutável, o tempo segue como uma fita já gravada e o livre arbítrio não passa de uma ilusão.

A mais clássica questão sobre viagem do tempo é a seguinte: Se você viaja para o passado com a intenção de impedir alguma coisa de acontecer e tem sucesso, você não terá a necessidade no futuro de voltar no tempo para impedir esta coisa de acontecer, logo se você não viajar no tempo a coisa vai acontecer do mesmo jeito, entendeu? (um exemplo desta situação acontece no filme A MÁQUINA DO TEMPO, baseada na obra de H.G. Whells e na série de filmes O EXTERMINADOR DO FUTURO). Existem histórias que solucionam este problema com a teoria das realidades paralelas. Segundo esta teoria, quando você altera algo no passado, é criada uma outra realidade paralela a existente onde as coisas tomarão um rumo totalmente diferente.

Tramas de viagens no tempo devem ser muito bem pensadas e estruturadas. Eu particularmente gosto muito das obras de H.G. Whells que tratam do assunto, de filmes como Deja Vu, a trilogia De Voltar Para o Futuro, a saga do Exterminador do Futuro, A Mulher do Viajante do Tempo e Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban. Caso se aventure pelos tortuosos caminhos de uma trama temporal, pesquise o máximo que você puder e evite deixar pontas soltas no espaço-tempo (acredite, sempre haverá alguém para fazer perguntas inconvenientes, e você tem que estar preparado par responde-las).

Fontes:

Wikipédia – Viagem no Tempo Hype Science

Anúncios

Uma resposta para “VIAGENS NO TEMPO E SEUS PROBLEMAS

  1. Pingback: LOOPER E A ORIGINALIDADE NO CINEMA | RÓDJER GOULART BLOG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s