BRASIL HEXA?… FAIL!!!

Bem amigos, chegamos ao fim de mais uma copa. O que? O Brasil não chegou as finais? Pois é, não foi desta vez que alcançamos o tão sonhado hexa. A copa de 2010 na África foi uma das mais curiosas dos últimos tempos, devido a toda onda de esquisitices qual fomos bombardeados.

A final foi entre Espanha e Holanda, com vitória da Espanha sobre a “Laranja Mecânica”. E o Brasil? Ele foi eliminado pela Holanda, o que causou um furor tremendo na torcida, que já não apoiava o treinador Dunga dês de sua polêmica escalação, que deixou alguns jogadores queridinhos de fora. Mas o Brasil só perdeu por que apresentou um futebol um tanto quanto desmotivado e sem aquele jeito maroto e moleque que estamos acostumados. Alias, o brasileiro está muito mal acostumado a pensar que em copa do mundo o Brasil tem que ser o campeão, esquecendo que é apenas um campeonato como qualquer outro, e as chances de vitória ou derrota é igual para todos. Confesso que nunca fui de assistir futebol, nem mesmo em copas, mas este ano decidi dar uma chance e assisti a todos os jogos do Brasil, menos o último (segundo minha irmã foi por isso que o Brasil perdeu).

Esta copa teve muitas peculiaridades, ao começar pela bola de nome “Jabulani”. Eu nem sabia que as bolas da copa possuíam nomes. Além do nome de fã do Calipso, esta bola foi alvo de reclamação de muitos jogadores por fazer curvas indesejadas no ar (parece que a forma a qual foi costurada ou algo assim). Tivemos as “vuvuzelas”, que nada mais são do que cornetas extremamente irritantes. Em alguns casos elas até impediam que se pudesse ouvir os comentários do jogo. Confesso que quando ouvi este nome, pensei que era alguma coisa relativa à sacanagem…

Está copa também foi marcada pelo povo Poul, que através de seu incrível dom mediúnico (?) conseguiu prever todos os resultados dos jogos um a um sem errar nunca. Eu queria saber que testes eles fizeram com nosso amigo Poul para descobrir seu curioso dom. Porém os resultados dos jogos previstos por Poul estavam ameaçados pó Mick Jagger. O vocalista do Rolling Stones foi o maior pé frio já conhecido, sendo capaz de azarar todos os times a qual foi torcer no estádio. Se eu estivesse vendo o jogo e visse o Poul, daria um jeito de jogá-lo para o time adversário. Segundo algumas fontes, o polvo Poul e Mick Jagger tinham um esquema para simular previsões dos resultados.

Nunca ouvi tanta promessa de gente pelada quanto nesta copa, todas lideradas por nosso Hermano e técnico do time argentino Diego Maradona. Por sorte de nossos olhos, apesar de um desempenho muito louvável, a Argentina não venceu. Está foi à copa das zebras, com times de renome e favoritos caindo por terra logo no início e outros sem muita tradição de vitórias tendo destaque.

Enfim, as empresas lucraram até não poder mais com todo tipo de coisa com a temática da copa, as pessoas abandonaram o patriotismo estampado em bandeiras e roupas com as cores de suas nações, e todos voltam a focar a vida em seus próprios umbigos. A próxima copa será aqui, em terras tupiniquins. Depois de moluscos videntes, bolas e cornetas com nomes esdrúxulos e pessoas com pé frio ou querendo se despir… Eu tenho medo do que 2014 nos reserva…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s