CINEMA NACIONAL

Quando se fala em cinema, logo lembramos dos grandes e memoráveis filmes de Hollywood, superproduções blockbusters arrasa quarteirões. Mas q2uando se fala em cinema nacional, a maioria torce o nariz, mas acredite, ainda tem alguma coisa que se salve.

Ontem eu tive uma terrível insonia, e decidi ligar a televisão para me distrair. Me deparo com um filme com estética teatral, onde o grande Paulo Autran representando… Decidi assistir. O nome do filme era A MÁQUINA, adaptação do livro de Adriana Falcão, conta a história de Antônio, que cresceu no nordeste do Brasil acreditando que era o senhor do tempo. Por amor, decide chamar a atenção do mundo para sua pequena cidade, dizendo que irá viajar o tempo antes que uma máquina de 700 lâminas (daí o nome do filme) o retalhe por completo.

Não é o melhor filme do mundo, mas em termos de filmes nacionais, está no meu TOP 10. É bom para variar das super produções, assista e tire suas próprias conclusões. Acredito que o cinema nacional tem potencial, espero um bom filme de ação daqui a tempos (o mais próximo foi TROPA DE ELITE).

obs. Wagner Moura e Lázaro Ramos estão juntos em boa parte dos trabalhos que fazem. Neste filme os dois aparecem, mas em núcleo diferentes.

Anúncios

Uma resposta para “CINEMA NACIONAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s